sexta-feira, 2 de março de 2012

Afinal é amor?

Olho para trás, vejo o quanto as pessoas eram felizes e o porquê de se casarem. Olho para os dias de hoje, vejo o quanto as pessoas não sabem amar alguém. Por isso pergunto: para que se casam se nem sabem o que é o amor? Antigamente o amor era levado a sério, agora é uma brincadeira de crianças. As crianças não sabem o que querem, e assim está toda a gente. Num dia querem, noutro já não. E mesmo que queiram, não tentam. Desistem. Esquecem. Acho inacreditável alguém chegar ao pé de mim, alguém com uma relação de anos falhada, ou mesmo alguém que nem saiba o que é o amor, dizer-me que mais vale desistir se aquela pessoa não mudar por minha causa. Costumo dizer que as mudanças têm de ser feitas sim, mas o ponto de partida para tal acontecer é sempre a pessoa querer fazê-lo. Porque não tentam mais uma vez? Porque têm a coragem de chegar ao pé de mim e dizer-me para desistir daquilo que vocês não foram capazes de tentar? Deitam-me a baixo, fazem-me sofrer, fazem-me meter em questão o que sinto e por quem sinto. E isso faz de mim a pior pessoa do mundo. Jamais faria isso a alguém. Mas agora pergunto, se sabem tanto do amor, então porque não me explicam porque é que hoje em dia quando as pessoas se casam os casamentos só duram no máximo 2/3 anos, se tanto!? Têm explicação para isso? O que mudou? Numa relação de anos, as pessoas casam-se, sabem que feitios têm, sabem que se podem dar bem ou mal e com o que se chateiam quando estão juntos. Então porquê a separação no fim do casamento? Se estiveram juntos anos sem se casar, porque não ficarem juntos o resto das vossas vidas? Não é isso que o casamento significa? Juntos para sempre, no bem ou no mal. Agora que penso bem nisto, quantos mais anos passam, mais as pessoas se têm separado. E porquê? Estão assim tão insuportáveis e diferentes? No início não era como agora? Sim, as pessoas crescem e mudam, mas no fundo são sempre as mesmas. Então se amávamos essas pessoas por elas serem daquela forma e com aqueles defeitos todos, o que mudou? A resposta para tanta pergunta não tenho, mas se há coisa que estou a perceber é que os casamentos estragam uma relação seja ela de quantos anos for. E se assim o é, eu não me quero casar. Porque o casamento não significa amor. E bem estúpido é quem casa por dinheiro, pelos filhos ou por outro motivo qualquer. Nada muda nessa pessoa, se ela já não é compatível connosco naquele momento, então dai para a frente só vai piorar. E eu sei do que falo, mesmo não tendo estado casada vez nenhuma. Não é preciso casar para se ser feliz ou porque a sociedade está á espera disso naquela altura da nossa vida. Todos sabemos que os padrões da sociedade já não são os mesmos de há uns anos atrás, e muito menos são certos como a morte. Não casem só porque os outros vos dizem para o fazer. O que conta, é termos sempre alguém connosco que nos aceite tal e qual como somos, com todos os defeitos e feitios mas que acima de tudo que nos ame. Então, afinal é amor?

Sem comentários:

Enviar um comentário